Entrevista com Kamila Chaves: zagueira artilheira

Kamila Chaves é conhecida entre as companheiras como Modelo, apelido que carrega desde os tempos em que jogava na base do Atlético.  Além do Galo, a mineira teve passagem pelo Rio Preto, Santa Cruz, Francana, América-MG, Ferroviária-SP e, atualmente, Kamila defende o Foz/Coritiba. 

Ela jogou no Atlético de 2008 a 2011 e, na época, atuava como zagueira. Aos 24 anos, a Modelo agora é centroavante e carrega a marca histórica de 36 gols em uma única temporada. Apaixonada pelo esporte, Kamila sonha com a oportunidade de jogar em uma equipe de fora do país e ter condições de viver do seu futebol.

Kamila Chaves

Arquivo Pessoal

Como começou sua relação com o futebol?

Desde pequena, meu pai me levava para o campo para vê-lo jogar e eu ficava brincando de bola do lado de fora. Eu fui crescendo e jogando na rua com os meninos, até ele me colocar em uma escolinha de futebol.

Como foram os primeiros contatos com o Atlético?

O treinador da escolinha onde eu treinava era também técnico da base do Atlético, então ele me levou para treinar na base, onde fiquei alguns meses até subir para o time principal.

Kamila Chaves, Eize e Nathália comemorando o título do Camp Mineiro

Arquivo Pessoal

Quais campeonatos você disputou pelo Galo?

Taca BH, Copa Centenário, Campeonato Mineiro, Copa Integração e Copa do Brasil.

Era titular e já usava a camisa 9?

Quando joguei no Galo, eu não jogava no ataque, mas era zagueira. Engraçado, né? Mas eu sempre fazia gols de falta e cabeça.

Quais os jogos mais importantes que disputou com a camisa do Atlético?

Os jogos da Copa do Brasil eram de muita importância, mas a final do Campeonato Mineiro contra o Ipatinga, nosso maior rival na época, em que jogamos em casa foi demais! Nós fomos campeãs e jogamos muito bem.

Como era o contato com o técnico? Havia contato com o time masculino na época?

O técnico era muito comunicativo com todas as atletas e a diretoria também. Todos nós tínhamos uma relação muito boa. Nosso contato com o time masculino era muito pouco, somente às vezes íamos ao CT em Vespasiano vê-los treinar ou gravar alguma matéria para programas de TV.

Como era a relação com a torcida do Galo?

Lembro que tínhamos muitos torcedores e sempre muito presentes em jogos em casa. As arquibancadas estavam sempre cheias.

Time

Arquivo Pessoal

Onde ocorriam os treinos e os jogos da equipe feminina? Como era a estrutura de treinamento?

Nossos treinos e jogos ocorriam na Vila Olímpica, um dos clubes do Atlético. Estrutura era muito boa e tínhamos campo gramado, areia, pista de corrida, academia e tínhamos tudo que precisávamos.

As atletas recebiam salários ou algum auxílio financeiro?

No começo recebíamos apenas passagem e ajuda de custo mas, com o tempo, as coisas foram melhorando e começamos a ter um salário.

Havia alojamento para as atletas? Os uniformes utilizados eram próprios para uma equipe feminina?

Sim, tinha alojamento dentro do clube. Inicialmente, usávamos os uniformes que sobravam da equipe masculina, mas depois conseguimos uniformes apropriados.

Treino

Arquivo Pessoal

Como era a rotina de treinamento e preparação?

No começo, nós treinávamos apenas no período da tarde, mas depois conseguimos mudar e treinar todos os dias pela manhã e também a tarde, no período de 9:00 às 11:00 e de 14:00 às 16:00

Os equipamentos e instrumentos de análise e preparação física eram de qualidade?

Sempre tivemos materiais e profissionais muito bons e competentes, então nunca tivemos problemas com nosso condicionamento físico.

Campeãs 2011

Arquivo Pessoal

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s