Vingadoras vão à final!

Mais uma final! Que fase vivem as Vingadoras. Após vencer, mais uma vez, o América na tarde de sábado, dessa vez por 1 a 0, o Galo garantiu a sua terceira final seguida. Em 2020 chegamos a decisão do Mineiro e levantamos o caneco, em 2021 já fomos vice-campeãs invictas e agora temos a chance de mais um título regional.

Foto: Fábio Xavier

Com a vantagem de 3 a 0 construída no primeiro jogo da semifinal, a treinadora Lindsay pode poupar algumas atletas que estavam penduradas com cartões amarelos. Marta, Cotrim e Pissaia não foram relacionadas e, por isso, algumas mudanças no time principal aconteceram. Começamos a partida com Coimbra novamente no gol. Flávia Gil voltou a ser titular, vaga que não ocupava desde a sua lesão ao fim do Brasileiro. Leila sentiu cansaço e Jaque assumiu a lateral. Cinthia também começou a partida.

Apesar da tranquilidade devido a vantagem, Lindsay disse que queria um jogo intenso de oportunidades, com atenção total e busca pela vitória. As Vingadoras dominaram a partida, mas sem muito abafar as adversárias, que tiveram mais oportunidades claras de gol. Aninha teve boa movimentação e foi dos pés dela que saiu a primeira finalização, logo aos 2 minutos. Soraya e Iara também estiveram muito bem na partida, criando oportunidades e colocando velocidade pelas laterais. Bruna Emília foi fundamental no meio de campo, com roubadas de bola precisas. Flávia Gil comandou a defesa e cobrou comunicação a todo momento, orientando o posicionamento. Sofia, pela lateral, impôs seu jogo e mostrou raça e vontade.

Apesar do domínio atleticano na primeira etapa, a goleira Deka mostrou qualidade e impediu diversas oportunidades de o Atlético abrir o placar. Do outro lado, o América chegou com perigo e conseguiu colocar duas bolas na trave!

Foto: Fábio Xavier

Para o segundo tempo, Lindsay mexeu na equipe, colocando Isabella e tirando Cinthia que pouco apareceu no jogo. A lateral tem entrado sempre com a nova treinadora e mostrado bom trabalho. Ela deu mais velocidade pelo lado. Apesar disso, o América foi quem pressionou nos primeiros minutos, mas logo as Vingadoras conseguiram equilibrar a partida. A segunda etapa foi de menos chances, mas aos 19 minutos Iara marcou um golaço. Pela esquerda e sem ângulo ela balançou as redes e aumentou a vantagem atleticana.

Ao final da partida, Lindsay Camila conversou com a imprensa e mostrou sua insatisfação com a atuação da equipe pela postura pouco ofensiva e tranquila devido o regulamento. A comandante afirmou que gosta de jogar pra frente, com ofensividade e intensidade, mas que ainda tem testado atletas para que consiga conhecer todo o elenco.

Agora o Galo espera o adversário da final que sai do confronto entre Cruzeiro e Ipatinga hoje, com vantagem celeste por 2 a 0. A grande decisão acontece daqui duas semanas, em partida única, com data, horário e local a ser definido. Há uma negociação para que ela seja realizada no Mineirão, assim como no ano passado. O Galo Delas entende que o futebol de mulheres deve ocupar espaços da elite do futebol nacional e, por isso, sempre apoia que os jogos aconteçam em grandes palcos, como Independência e Mineirão. Além disso, esperamos a liberação do público, que já está previsto nos protocolos sanitários.

O Galo jogou com:

Coimbra, Sofia (Leila), Flávia Gil, Hilary, Jaque (Vanessa), Bruna, Dayana (Lorranny), Aninha (Nadine), Iara (Milena), Soraya, Cinthia (Isabela)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s