Empate com gosto amargo – Galo não consegue a tão esperada vitória!

Na noite desse domingo (1) as vingadoras entraram em campo contra o Real Brasília no SESC Venda Nova em jogo válido pela 3ª rodada da fase classificatória do Campeonato Brasileiro A2. As duas equipes entraram pressionadas, precisando do resultado para vislumbrar a classificação.

Foto: Fábio Xavier

A equipe atleticana começou o jogo bem mexido em relação ao que enfrentou o Vasco na rodada anterior. O técnico Hoffmann escalou Lorranny improvisada na lateral direita, mesmo tendo duas atletas da posição no banco. Karol, que voltou de contusão, entrou na zaga. A linha de frente foi a mais modificada: Guedes deu lugar a Flávia Pissaia, enquanto Gabizinha e Dani entraram nas vagas de Lorena e Milena.

As mexidas mostraram resultados. Como nos dois outros jogos, as vingadoras entraram e dominaram a partida. O Galo ocupou o campo de ataque em todo o primeiro tempo, com controle do jogo. A diferença é que dessa vez a rede balançou a nosso favor. Aos 32 minutos do primeiro tempo, Gabizinha foi feliz em sua finalização em um rebote após jogada da lateral Ilana.

Foto: Dani Veiga / Atlético

O Real Brasília voltou modificado do intervalo, o que surtiu efeito a favor delas. O segundo tempo foi o oposto do primeiro. Real Brasília pressionou, o Galo não conseguiu retomar o controle do jogo. Conseguimos nos segurar até os 42 do segundo tempo, quando o Real empatou a partida.

Os destaques do jogo:

Gabizinha – a atleta movimentou o ataque, criando possibilidades de jogadas e finalizações. Foi feliz e fez o primeiro gol do Galo no Brasileiro A2 2020.

Ilana – a lateral foi uma peça importante no avanço do time. Avançou, criou, defendeu. Nossa capitã esteve muito bem no jogo, mas saiu machucada.

Flávia Pissaia – de qualidade indiscutível – não atoa estava na seleção sub-20 – Pissaia movimentou o meio de campo criando bastante. Foi substituída no segundo tempo e o time, que já estava sendo pressionado pelo Real, sentiu a substituição.

Flávia Gil – zagueira muito segura, com bom tempo de bola. Se destacou ontem pelas batidas de falta a distância, com força e boa pontaria. Quase marcou na primeira batida, mas a goleira adversária foi muito feliz na defesa.

Nos outros jogos válidos pela 3ª rodada no grupo das vingadoras, Botafogo ganhou do Vasco por 2 a 0 e Goiás goleou o Vila Nova por 5 a 2 e o grupo ficou assim:

Botafogo – 7pts

Goiás – 4pts

Vasco – 4pts

Real Brasília – 3pts

Atlético – 2pts

Vila Nova – 2pts

A situação das vingadoras não é nada boa. Agora enfrenta o Botafogo na segunda-feira (9) em Niterói e encerra essa primeira fase contra o Goiás. É preciso não apenas somar pontos, como torcer por tropeços dos adversários. Lembrando que os dois melhores de cada grupo se classificam, junto com os quatro melhores terceiros colocados.

Foto: Fábio Xavier

O Galo jogou com:

Amanda, Lorranny (Isabella), Gil, Karol, Ilana (Leila), Bruna, Nathália (Brenda), Pissaia (Manu), Joyce (Lorena), Gabizinha, Dani (Milena)

GALO FUTEBOL FEMININO 1 x 1 REAL BRASÍLIA

Competição: Campeonato Brasileiro A2

Rodada: 3ª

Data: 01/11/2020 (domingo)

Local: Estádio das Alterosas, no SESC Venda Nova, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Gabizinha (32′ – 1ºT), Marcela Guedes (42′ – 2ºT)

Arbitragem:

Árbitro: Andreza Helena Siqueira (BAS MG)

Árbitro Assistente 1: Luiz Antonio Barbosa (CD MG)

Árbitro Assistente 2: Gláucia Faria Paula (FEM MG)

Quarto Árbitro: Francielly Fernanda Lima de Castro (FEM MG)

Analista de Campo: Ângelo Antonio Ferrari (CBF MG)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s