Derrota das Vingadorinhas em jogo polêmico

As Vingadorinhas entraram em campo na manhã desta sexta-feira (28) para enfrentar o Vitória, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro sub-18. Em uma partida com muitos lances polêmicos, o Galo/Tupinambás acabou derrotado por 2 a 1 e permanece na terceira colocação do grupo, com apenas um ponto. O jogo começou às 10h30 da manhã e teve transmissão pela CBF TV, na plataforma MyCujoo.

Foto: Adriano Fontes / CBF

Para esta rodada, o técnico Lelei fez mudanças em relação a equipe que enfrentou o Sport, na última terça-feira. Ele optou por entrar em campo com a Camilly no lugar da Amanda e Pissaia no lugar da Júllia.

Tem chamado atenção o fato de as atletas estarem utilizando os uniformes da temporada 2019 e a assessoria alega que o clube está aguardando a fábrica terminar o fornecimento de todo o material. Além disso, a numeração fixa pode causar confusão em quem está acompanhamento a competição de base. A lateral Naiara utiliza a camisa 2, mas atuou pelo lado esquerdo do campo. Da mesma forma, Camilly, que entrou no lugar de Amanda, jogou mais pela direita, diferente do que sugere a escalação.

No primeiro tempo, o Galo jogou bem avançado em campo, ocupou o meio com Pissaia e Marcella e chegou mais vezes ao ataque, principalmente pela direita com a Dudinha. O Vitória, por outro lado, estava apostando no contra-ataque diante das nossas Vingadorinhas.

Foto: Adriano Fontes / CBF

Aos 19 minutos do primeiro tempo, Dudinha recebeu da Marcella e viu muito bem a Alice livre de marcação chegando na área pela esquerda. Alice dominou, mas sofreu a falta dentro da área e a penalidade foi marcada para o Galo/Tupinambás. A própria camisa 7 pegou a bola e se posicionou para bater, marcando o primeiro gol do jogo e o seu segundo na competição.

A pressão alvinegra esfriou ainda na primeira etapa, quando, aos 33 minutos, a estratégia do Vitória funcionou. Depois que Naiara tentou o passe e acabou perdendo a bola, a camisa 10 do time baiano, Cidiele, acionou Johane Pretinha em um rápido contra-ataque. A atacante recebeu livre no meio, carregou a marcação e tentou fazer o passe, mas a bola rebateu na defesa e voltou para Cidiele, que tocou rápido para Emelli marcar. Lorranny tentou fazer o corte enquanto o restante da defesa cobrava impedimento, mas a atacante saiu na cara do gol e bateu no canto esquerdo de Coimbra, empatando o jogo.

As imagens da câmera de transmissão não permitiram a avaliação precisa do lance no momento em que Cidiele toca na bola e faz o passe, mas toda a defesa atleticana reclamou bastante de um possível impedimento. Irregular ou não, o Galo/Tupinambás sentiu o gol e o Vitória acabou crescendo nos minutos finais do primeiro tempo.

Foto: Adriano Fontes / CBF

Na volta do vestiário, a equipe comandada por Lelei continuou buscando o gol e, logo no início do segundo tempo, quase marcaram, depois de uma cobrança de escanteio em que a bola parou na trave. As Vingadorinhas continuaram jogando mais avançadas, pressionando e chegando ao ataque, mas sem efetividade para marcar. As melhores oportunidades foram com Bruna e Júllia, que entrou no lugar da Duda.

Entretanto, assim como já vimos com as equipes profissionais feminina e masculina, valeu a máxima “quem não faz, leva”. Passados os 30 minutos da etapa final, após a cobrança da falta a favor do Vitória, a goleira Amanda Coimbra falhou e Emelli aproveitou a sobra para marcar seu segundo gol e virar o jogo.

O Galo/Tupinambás tinha poucos minutos para buscar o empate, foi pra cima e chegou a balançar as redes já nos acréscimos. Pissaia cobrou escanteio com muita qualidade, a bola desviou e estufou as redes, mas o juiz entendeu que a bola não entrou e mandou o jogo seguir. A equipe Galo Delas revisou o lance inúmeras vezes e faz coro as reclamações das Vingadorinhas: a bola entrou e foi muito gol. Infelizmente, porém, a partida terminou 2 a 1 para o Vitória.

Com a derrota, o Galo/Tupinambás permanece na terceira colocação do grupo. O Santos venceu o Sport por 6 a 0 e segue líder do grupo C, com 6 pontos. O primeiro colocado de cada grupo e os dois melhores segundos colocados se classificam para a próxima fase.

No próximo sábado (30), as Vingadorinhas enfrentam o Santos às 8 horas da manhã.

O Galo/Tupinambás jogou com:

Coimbra, Naiara, Layza (Mariana), Lorranny, Camilly (Aisha), Pâmela, Marcella, Alice (Vitória), Pissaia, Duda (Júllia) e Bruna.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s